Óleo Essencial de Gurjan Qt Copaeno - Laszlo - Frasco com 10ml - Mundo dos Óleos

Óleo Essencial de Gurjan Qt Copaeno - Laszlo - Frasco com 10ml

Fornecedor
Laszlo
Preço normal
R$ 49.90
Preço promocional
R$ 49.90

O óleo de gurjan ou gurjun (Dipterocarpus turbinatus 😊 D.alatus) é conhecido na Ásia também como copaíba indiana (por sua semelhança de aplicação ao óleo de copaíba), sendo obtido da destilação da madeira da árvore. É um produto comercializado há séculos e possui no oriente milagrosas propriedades terapêuticas e um amplo emprego deste óleo essencial como fixador de perfumes, por possuir um aroma muito delicado e sutil (levemente doce e amadeirado) que não interfere intensamente no contexto da fragrância.
Em geral, nota-se que óleos essenciais com boas porcentagens dos isômeros alfa-copaeno, alfa e beta-gurjuneno, como o gurjan, possuem efeito no sistema nervoso central como ansiolíticos e sedativos [1,2]. Além disso, estes compostos também agregam a estes óleos potencial antiinflamatório [1].
O que diferencia o óleo de gurjan daquele obtido de inúmeras outras árvores ricas em sesquiterpenos, como a própria copaíba, é justamente o processo de inflorescência desta planta. Em milhões de anos de evolução ela "estudou" o "vento" e se adaptou a desenvolver um meio de propagação "aerodinâmico" com sementes que caem girando como pequenos helicópteros. Uma árvore com um foco de aproveitamento tão interessante do elemento "ar", nos denota, dentro de um contexto antroposófico, grande potencial de uso de seu óleo essencial nos domínios da mente. É um óleo que atua harmonizado os pensamentos de uma mente excessivamente agitada, facilitando entrar-se em ondas alfa, contribuindo assim na meditação, relaxamento e estudo. Para isso, basta seu emprego em difusores de ambiente na dose de 6-15 gotas, ou em massagens a 3% visando trazer profundo estado de relaxamento em indivíduos mentalmente agitados (associe com lavanda ou pindaíba para um efeito ainda melhor).
Existem dois quimiotipos principais deste óleo em comércio. Um rico em alfa-copaeno (40-75%) e outro rico em alfa-gurjuneno (40-75%), tendo ambos usos e aromas muito similares. A oleoresina de gurjan possui 75% de óleo essencial e é obtida pelo corte da madeira para que escorra e seja coletada em um frasco. É coletada 4-10 vezes entre os meses de agosto a fevereiro e 300 árvores rendem 36kg num mês. O óleo essencial é obtido pela destilação desta oleoresina [10].
O copaeno é um componente que aumenta a atividade antioxidante dentro das células e não possui efeito genotóxico ao DNA [5], e esta sua capacidade de aumentar a defesa antioxidante do corpo é que permite que esta molécula tenha também ação hepatoprotetora [6]. Este mecanismo de ação é o que explica muitas das propriedades terapêuticas do óleo de gurjan.
Na Índia este óleo foi muito utilizado como terapia natural para a hanseníase (lepra) com resultados de controle da doença com seu uso local prolongado. Na página 458 do livro "Hanseníase" de Jaime Benchimol, cita-se que o óleo de gurjan não cura a lepra, mas que "...sem dúvidas, com o seu uso continuado há uma grande melhoria. As úlceras curam e a forma tubercular desaparece com o seu uso. Tão logo se para de usar o óleo, todos os sintomas reaparecem como antes..." [9].