icon

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE: ÓLEOS DENSOS

Você já deve ter percebido que existem várias características e propriedades físico-químicas associadas aos óleos essenciais.

No Sinergia de hoje vamos conversar sobre algumas destas especificidades.

Entenda porque alguns óleos são mais densos, ou até mesmo viscosos, do que outros. Usufrua destas informações para sanar dúvidas dos seus clientes e realizar vendas mais positivas!

Os óleos essenciais, em sua grande maioria, são líquidos à temperatura ambiente. Eles também são, quase sempre, menos densos do que a água.

Entretanto, isso não é uma regra.

Alguns óleos são naturalmente mais viscosos. É o caso do vetiver, da mirra e do lúpulo. Já outros, sob temperaturas mais baixas (em torno de 10ºC), podem cristalizar, sem que haja qualquer alteração química. Muito pelo contrário, este é, inclusive, um indicativo de boa qualidade do produto. É o caso do óleo de rosa, tomilho qt tuianol, funcho.

Outro fator que pode interferir na densidade do óleo, e de outros extratos aromáticos, é o método de extração pelo qual ele foi obtido.

Você poderá observar isso em todos os óleos absolutos, óleos CO2 e oleorresinas.

- Óleos mais densos podem gotejar mais lentamente, ou mesmo não sair pelo gotejador. Isso é uma característica normal destes produtos;

- Não é recomendado usar óleos densos em difusores ultrassônicos. Eles podem provocar entupimentos no aparelho;

- Para um melhor manuseio é indicado utilizar uma espátula para remoção destes óleos;

- Óleos que cristalizam ou solidificam devem passar previamente por um banho-maria;

- Óleos mistos como, por exemplo, o óleo de café-verde, também são mais densos. Eles são extratos aromáticos, extraídos por prensagem, que integram ácidos graxos e também uma pequena porcentagem de óleo essencial em sua composição.

Métodos como a extração via solvente ou via CO2, possibilitam obter da planta moléculas maiores e não voláteis, que não podem ser extraídos por destilação a vapor. Por isso estes óleos costumam apresentar consistência mais espessa podendo, até mesmo, formar uma massa sólida ou viscosa, de acordo com o tipo de planta em questão.


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Related Posts

Potencial terapêutico dos óleos essenciais é tema de livro lançado por pesquisador da UFPB
Potencial terapêutico dos óleos essenciais é tema de livro lançado por pesquisador da UFPB
O livro reúne pesquisas realizadas no Brasil e em Portugal O potencial terapêutico dos óleos essenciais é tema inves...
Read More
COPAÍBA PARA QUELOIDES
COPAÍBA PARA QUELOIDES
A formação de cicatrizes é um processo natural e inevitável decorrente da forma que o tecido de mamíferos se regenera...
Read More
PATCHOULI COMO PREBIÓTICO
PATCHOULI COMO PREBIÓTICO
Nas últimas décadas tem ficado cada vez mais evidente o papel da microbiota intestinal na saúde.As bactérias boas pro...
Read More