Reponha o Colágeno da Pele e dos Cabelos usando o Óleo de Tutano

Você sabia que o colágeno representa cerca de 25% de toda proteína do organismo humano? Ele é importantíssimo para o nosso sistema, uma vez que a sua função é primordialmente estrutural, ou seja, proporciona sustentação às células, mantendo-as unidas, sendo o principal componente protéico de órgãos como a pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.

O colágeno é produzido normalmente no nosso organismo desde que nascemos. Contudo, quando entramos na fase da maturidade, sua deficiência começa a ser notada, com a diminuição da elasticidade da pele, o aparecimento de rugas e o aumento da fragilidade articular e óssea.

Muitos estudos já mostraram que a partir dos 30 anos, o corpo sofre uma perda de colágeno por volta de 1% por ano. Já dos 50 para frente o nosso corpo passa a produzir apenas uma média de 35% do colágeno necessário para os órgãos de sustentação.

 

Muitos acreditam que a queda na produção de colágeno seja uma das principais causas do envelhecimento, uma vez que com a diminuição do colágeno os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e ligamentos perdem sua elasticidade e força, e a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa.
A deficiência de colágeno está também associada com a diminuição da espessura do fio capilar e com a desidratação e perda de elasticidade da pele, culminando em flacidez e no aparecimento de rugas e estrias.

Menopausa colabora para a perda de colágeno

Todos nós perdemos colágeno ao longo dos anos, mas as mulheres são as que mais sofrem perdas, uma vez que elas apresentam uma quantidade menor desta proteína no corpo, quando comparada aos homens.

Além disso, a deficiência de estrogênio que ocorre no sexo feminino por volta dos 45-50 anos faz com que haja uma diminuição da quantidade dos chamados fibroblastos, células responsáveis pela produção do colágeno, que junto com outra proteína, a elastina, compõem a trama de sustentação da pele.

Toda essa mudança provoca mudanças bruscas no corpo das mulheres. Acontece a redução do fluxo de sangue pelos vasos e leva a uma menor capacidade de retenção de água pelas células, além de desacelerar a atividade das glândulas sebáceas e sudoríparas, que produzem a oleosidade que protege a pele como um filtro natural. Sem essa irrigação e hidratação a pele acaba ficando seca, enrugada e flácida, quebradiça e fina e muito mais sensível a escoriações e aos efeitos da exposição solar. Outro problema constatado pela perda de colágeno é a dificuldade na cicatrização. Com efeito, pequenos cortes acabam levando mais tempo para cicatrizar e as manchas na pele se proliferam com maior rapidez.

 

Estudos apontam que com a menopausa a mulher acaba perdendo uma média anual de 2% de colágeno. A velocidade do processo vai depender da presença de fatores de risco como o tempo que a pele foi exposta ao sol ao longo da vida e o hábito do tabagismo. Estudos mostram que o cigarro pode aumentar de duas a três vezes o número de rugas em mulheres de cor branca de meia-idade, ao reduzir muito a irrigação sanguínea das camadas que formam a pele.

Como repor essa perda de colágeno no corpo?

Não existe segredo para repor o colágeno do corpo. É necessário ter uma alimentação equilibrada para que aconteça a reposição da proteína no corpo. Essa alimentação deve ser rica em alimentos de origem animal, tais como as carnes, principalmente as vermelhas. Isso porque elas são excelentes fontes de proteínas e colágeno.

Entretanto, somente a alimentação não é capaz de fornecer a quantidade ideal dessa proteína que nosso organismo necessita a partir dos 30-40 anos. É aí que entra a suplementação.

Mas essa suplementação deve ser acompanhada por médicos e nutricionistas porque o excesso de proteína faz mal, principalmente para os rins. Em caso de pessoas com problemas renais, ou histórico familiar de doença renal, é importante ficar atento, porque a proteína que não é utilizada pelo corpo é eliminada pelos rins sobrecarregando suas funções.

Óleo de Tutano para a reposição de colágeno na pele e nos cabelos

Se você busca uma solução para a reposição de colágeno da sua pele fica aqui a dica para você: uso o Óleo de Tutano. Ele é feito dos ossos tíbia (canela) e pés de bovinos. Ele é extraído da medula dos ossos do boi e, por essa razão, ele acaba tendo um aspecto amarelado.

Para você ter uma ideia, antes dos hidratantes modernos chegarem ao mercado, Óleo de Tutano foi utilizada como um tratamento tópico para auxiliar na cura da pele seca e rachada.

Diferentemente dos outros óleos de gordura animal, o Óleo de Tutano não solidifica à temperatura ambiente. Isto é devido às propriedades fisiológicas de pernas do gado, que possui uma redução no fluxo sanguíneo e isso demandou uma condição física diferente para compensar o funcionamento a temperaturas mais baixas.

Essa viscosidade do Óleo de Tutano, por sua vez, torna ele um ótimo óleo hidratante para as partes mais secas do corpo, tais como cotovelos e pés. Basta aplicar uma porção do produto e espalhar, deixando a gordura secar totalmente antes colocar a roupa.

Para os cabelos enfraquecidos e quebradiços, a dica é utilizar o Óleo de Tutano para reconstruir os fios. Assim, aquela sensação de pontas espigadas e duplas pode ser amenizada. É que o colágeno do tutano fecha as escamas dos cabelos, devolvendo sua flexibilidade.

Ou seja, é fácil entender os motivos de tantas linhas de produtos com base no tutano para tratar o cabelo. Com o Óleo de Tutano, é possível ter de volta a maciez e a resistência perdidas, além de dificultar a queda dos fios.

Óleo-de-Tutano-Mundo-dos-Óleos
Reponha o Colágeno do corpo usando o Óleo de Tutano

Nunca consuma ou aplique insumos vegetais ou animais sem orientação e acompanhamento de um profissional qualificado e de sua confiança.

 

“O Ministério da Saúde adverte: não existem evidências científicas comprovadas de que este produto previna, trate ou cure doenças. ”

 

Onde encontrar: Você encontra esses e outros Óleos acessando este link: mundodosoleos.com ou indo até a nossa loja localizada no CLSW 504 Bloco “B” loja 46, Sudoeste, Brasília (DF).
Descarte do Óleo

 

O descarte não adequado dos Óleos pode acarretar entupimento nas tubulações e ainda poluir a água. Por isso, procure locais próprios para o descarte. Armazene em um vidro e dirija-se aos postos de coleta da sua cidade.

 

Estamos também nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook e acompanhe novidades e artigos como esse.


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Related Posts

ARTIGO CIENTÍFICO -Determinação do Perfil de Ácidos Graxos do Óleo da Amêndoa do Fruto do Licuri
ARTIGO CIENTÍFICO -Determinação do Perfil de Ácidos Graxos do Óleo da Amêndoa do Fruto do Licuri
TÍTULO: DETERMINAÇÃO DO PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO ÓLEO DA AMÊNDOA DO FRUTO DO LICURI (SYAGRUS CORONATA (MARTIUS) BEC...
Read More
Saboroso e com Muitos Nutrientes, Óleo de Licuri Previne Doenças e tem usos Cosméticos
Saboroso e com Muitos Nutrientes, Óleo de Licuri Previne Doenças e tem usos Cosméticos
Mais conhecido regionalmente, o óleo extraído do semiárido nordestino pode ser usado na cozinha ou em cosméticos Pro...
Read More
Aromaterapia Para Melasmas e Manchas Escuras na Pele
Aromaterapia Para Melasmas e Manchas Escuras na Pele
AROMATERAPIA PARA MELASMAS E MANCHAS ESCURAS DE PELE Você sabia que 90% das pessoas que têm melasmas (manchas escuras...
Read More