Rinite alérgica: alívio é mais fácil do que imagina!

O inverno mal começou e já nos deparamos com as consequências das baixas temperaturas em nosso corpo. Pele e cabelos já sinalizam a mudança do tempo. Inclusive, falamos sobre esse assunto neste post sobre os cuidados com a nossa pele e neste outro em como driblarmos o problema da caspa durante a estação.

Entretanto, outra vilã destaca-se entre os inconvenientes da friagem. São as crises de alergia e as famosas “ites”, rinite, sinusite, bronquite. O tempo esfria e em muitos lugares sofremos com o fenômeno da seca, cenário perfeito para a manifestação dos sintomas típicos como espirros, coriza, coceira, nariz vermelho. Isto porque nesta época do ano há um desenvolvimento maior de ácaros e fungos e por essa razão o problema tende a surgir com maior freqüência.

Outros fatores do inverno responsáveis pela intensidade da crise:

-Menor tempo ao ar livre e maior permanência em ambientes fechados.
-Mudanças bruscas de tempo são mais comuns nesta fase.
-Uso de edredons, cobertores e agasalhos guardados por longo tempo.
-Maior incidência de viroses, gripes e resfriados.
-O ar seco e frio é um fator irritante da mucosa respiratória.
Descubra como amenizar e prevenir a rinite alérgica com a aromaterapia. Essas dicas preciosas vão nos ajudar a eliminar os mofos, ácaros e fungos do ambiente e proporcionar melhoria na saúde respiratória.

 

Para aromatizar o ambiente:

Óleos Essenciais: Tomilho, Eucalipto, Hortelã-pimenta, Alecrim, Limão

Coloque 10 a 15 gotas dos óleos escolhidos em um plug aromatizador ou rechaud.

 

Inalação: Camomila romana, Melissa, Lavanda, Limão e Eucalipto globulus

Pingar 2 ou 3 gotas dos óleos escolhidos em uma bacia com água quente. Colocar a cabeça próximo a bacia e cobrir com toalha.

 

Onde encontrar: Você encontra esses e outros Óleos acessando este link: mundodosoleos.com ou indo até a nossa loja localizada no CLSW 504 Bloco “B” loja 46, Sudoeste, Brasília (DF).

Estamos também nas redes sociais. Curta nossa página no facebook e acompanhe novidades e artigos como esse. Gostou do artigo? Já usou algum desses óleos? Conte pra gente e compartilhe pelo Facebook


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Related Posts

MÉTODOS ALTERNATIVOS PARA O CONTROLE in vitro DE Colletotrichum gloeosporioides AGENTE CAUSAL DA ANTRACNOSE EM PIMENTA DEDO-DEMOÇA
MÉTODOS ALTERNATIVOS PARA O CONTROLE in vitro DE Colletotrichum gloeosporioides AGENTE CAUSAL DA ANTRACNOSE EM PIMENTA DEDO-DEMOÇA
RESUMO   A utilização de diferentes métodos visando o controle de doenças fitopatológicas proporciona uma redução da ...
Read More
Elaboração de fórmulas farmacêuticas de uso tópico utilizando óleo essencial extraído do capim limão
Elaboração de fórmulas farmacêuticas de uso tópico utilizando óleo essencial extraído do capim limão
RESUMO   Óleos essenciais são mistura de compostos, que podem ser extraídos de plantas aromáticas por destilação de a...
Read More
ÓLEOS ESSENCIAIS: EVENTOS ADVERSOS E SEGURANÇA NA INDICAÇÃO
ÓLEOS ESSENCIAIS: EVENTOS ADVERSOS E SEGURANÇA NA INDICAÇÃO
ÓLEOS ESSENCIAIS: EVENTOS ADVERSOS E SEGURANÇA NA INDICAÇÃO   Trabalho de conclusão apresentado ao Curso de Pósgradua...
Read More