Xô Piolho! Elimine esse mal com Óleo de Neem

c

Quem tem criança na fase escolar, sabe muito bem do que estamos falando. O perigo é iminente. E quando percebemos o “coça coça” na cabeça, é batata! Ou melhor, piolho. Oh, bichinho danado de querer sugar o sangue dos nossos pequenos. Mas oh! Não são apenas os baixinhos que estão na área de risco, os adultos também precisam se cuidar. A piolhada se amarra em dançar um forró em qualquer que seja a pista de dança, digo, cabeça. Mas fica ligado (a) nas nossas dicas para acabar com esse mal.

O Óleo de Neem por ser um método 100% natural nos deixa ainda mais à vontade, pois não apresenta os níveis elevados de toxicidade que os demais produtos convencionais. Uma sugestão preciosa, principalmente para pessoas sensíveis a compostos químicos. Daí já começa a ganhar pontos. É ou não é? Vamos aos seus benefícios importantes na saga contra o piolho.

Por que utilizar o Óleo de Neem?

O Óleo de Neem é um poderoso pediculicida. Isto quer dizer que esse líquido possui substâncias exclusivas para o extermínio de lêndeas e piolhos. Neem ainda é antisséptico, antimicrobiano, analgésico, vermífugo e ainda funciona como repelente.

Como utilizar?

Aplique o Óleo de Neem do couro cabeludo ao final da extensão de todo o cabelo, chegando até às pontas. Repita o procedimento em toda a cabeça. Em seguida, com a ajuda de um pente fino, separe mecha a mecha e passe com cuidado sobre os fios analisando se há a presença de alguma lêndea ou piolho vivos. Atente-se nesse momento em tentar achar os vilões. Esse passo é importantíssimo para o resultado que desejamos alcançar: cabelos livres de piolhos. Além disso, o Óleo ajuda a deslizar as lêndeas e piolhos. Ao final da inspeção do dia, vale enrolar o cabelo em uma touca plástica ou mesmo utilizar aqueles filmes plásticos de cozinha e colocar a touca por cima.

Se optar por dormir com o Óleo nos fios, basta retirá-lo na manhã seguinte ao lavar normalmente o cabelo. Pode-se aplicar o Neem por até duas semanas ou enquanto houver piolhos, uma vez ao dia.

Vinagre também ajuda

Aplicar vinagre após o shampoo ou envolver a cabeça da pessoa com piolho com um tecido umedecido com vinagre, auxilia no processo de verificação, pois as lêndeas se desprenderão com maior facilidade do couro cabeludo e dos fios. Mais uma dica simples na hora da verificação.

Como é transmitido o piolho?

Agora que você aprendeu como se livrar desse encosto parasita. Vamos entender como que o piolho pode cruzar o seu caminho. O piolho só pode ser “transmitido” no contato direto com o cabelo de alguém com o problema ou no uso de objetos pessoais da pessoa com piolho: pentes, escovas, roupas, travesseiro, compartilhar a mesma cama, são alguns dos perigos com quase 100% de “contágio”.

Piolhos podem migrar para outras regiões do corpo?

Bem, não seria  migrar. Na verdade, existem outros tipos de piolhos que se manifestam em áreas distintas: na cabeça  como vimos -, no corpo – que atuam na pele das pessoas – no púbis, encontrado na pele e no cabelo do púbis.

Como saber que estou com piolho?

Os sintomas mais comuns de alguém que tem piolho são: coceira, feridas no couro cabeludo, irritabilidade e dificuldade para dormir, aparecimento de pequenos “grãos” sobre a cabeça – são ovos de piolhos que aparecem no cabelo.

Outros benefícios que o Neem tem para nos oferecer

  • Elimina pulgas e carrapatos do nosso pet;
  • Combate à atuação do mosquito da dengue;
  • Protege nossas plantas contra pragas;
  • Atua como repelente de insetos;

Como prevenir o piolho?

Já ouviu a expressão: “fulano tem sangue doce para piolho?”. Parece até apenas um jargão popular, mas você sabia que isso pode ter um fundo de razão? É o que afirma o Naturopata e pesquisador da área de  Aromaterapia, Arnaldo V. Carvalho em artigo publicado pelo blog “Aromatologia”. Segundo ele, o fator açúcar é um prato cheio para o parasita. criança com hábitos saudáveis tem grande vantagem, pega menos piolho.”  Dessa forma, seria interessante, diminuir o consumo de  “refrigerantes doces, excesso de sobremesas e industrializados, etc., etc”, adiciona. Ele também elenca outras formas de “prevenção”.

Outras dicas interessantes do Arnaldo incluem:

  • Cuidados com o mobiliário da casa – às vezes cai um fiozinho com lêndea no lençol ou mesmo no sofá. Risco de recontaminação! ASPIRE E PASSE A FERRO os locais onde seu filho se recosta (isso inclui o estofamento do carro!).
  • Fiquem longe dos pombos! Pombos são vetores importantes e terrenos e terra batida onde eles estão muitas vezes são fontes iniciais de contaminação. Nada de alimentá-lo. Na natureza eles são lindos e felizes. Nas cidades, transmitem tantas doenças e são tão sujos quanto os ratos. Arnaldo dá o recado!!!

 

Cuidados e contraindicações

A aplicação do Óleo de Neem é recomendada para crianças maiores de três anos. Não recomendável para bebês  e gestantes.

Conservar em recipiente hermético, local seco e arejado, temperatura em torno de 25 Graus Celsius, não expor este produto ao calor e nem raios solares, assim como não utilizar materiais metálicos no seu manuseio, pois acelera o processo de oxidação.

Produto impróprio para frituras.

Nunca consuma ou aplique insumos vegetais ou animais sem orientação e acompanhamento de um profissional qualificado e de sua confiança.

“O Ministério da Saúde adverte: não existem evidências científicas comprovadas de que este produto previna, trate ou cure doenças.”

Descarte do Óleo

O descarte não adequado dos Óleos pode acarretar entupimento nas tubulações e ainda poluir a água. Por isso, procure locais próprios para o descarte. Armazene em um vidro e dirija-se aos postos de coleta da sua cidade.

Estamos também nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook e acompanhe novidades e artigos como esse.


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Related Posts

ARTIGO CIENTÍFICO -Determinação do Perfil de Ácidos Graxos do Óleo da Amêndoa do Fruto do Licuri
ARTIGO CIENTÍFICO -Determinação do Perfil de Ácidos Graxos do Óleo da Amêndoa do Fruto do Licuri
TÍTULO: DETERMINAÇÃO DO PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO ÓLEO DA AMÊNDOA DO FRUTO DO LICURI (SYAGRUS CORONATA (MARTIUS) BEC...
Read More
Saboroso e com Muitos Nutrientes, Óleo de Licuri Previne Doenças e tem usos Cosméticos
Saboroso e com Muitos Nutrientes, Óleo de Licuri Previne Doenças e tem usos Cosméticos
Mais conhecido regionalmente, o óleo extraído do semiárido nordestino pode ser usado na cozinha ou em cosméticos Pro...
Read More
Aromaterapia Para Melasmas e Manchas Escuras na Pele
Aromaterapia Para Melasmas e Manchas Escuras na Pele
AROMATERAPIA PARA MELASMAS E MANCHAS ESCURAS DE PELE Você sabia que 90% das pessoas que têm melasmas (manchas escuras...
Read More