Óleo Essencial de Calêndula (Co2-To) - Laszlo - Frasco com 10ml - Mundo dos Óleos

Óleo Essencial de Calêndula (Co2-To) - Laszlo - Frasco com 10ml

Fornecedor
Laszlo
Preço normal
Esgotado
Preço promocional
R$ 163.90

Possui altíssima concentração de princípios ativos sendo 100% extrato de pura flor de calêndula. Sua cor é de uma alaranjado fortíssimo, que pode manchar roupas e mãos se usado puro. Em geral diluímos em porcentagens de 0,1-1% em cremes, óleos de massagem e outros produtos para pele. A 0,1% (1ml por litro de óleo) de diluição ele é 10X mais concentrado do que qualquer óleo de calêndula infuso do mercado. Sendo portanto muito mais ativo terapêuticamente. Seu valor mais alto, justifica sua concentração de ativos e eficácia. O "TO" (Calêndula CO2-TO) significa que é uma extração "TOTAL" da planta, ou seja, todos os princípios ativos foram isolados e mantidos neste CO2.

Conta-se que na guerra civil americana, os médicos que atuavam nos campos de batalha utilizavam as flores e as folhas da calêndula para tratar os ferimentos dos soldados. Anos mais tarde, a ciência comprovou os efeitos que aqueles médicos conheceram na prática. Além de útil na saúde, como um poderoso anti-inflamatório e cicatrizante, a calêndula também possui propriedades antioxidantes que rejuvenescem a pele e ação protetora solar devido a seus carotenóides.

O ácido calêndico é um ácido graxo ômega 6 do grupo do ácido linoléico conjugado (CLA) encontrado na Calendula officinalis e de ação antiinflamatória. No CO2 total, além do óleo essencial rico em faradiol ésteres, ainda encontramos carotenóides (xantinas, calendulina, caroteno, licopeno, zeaxantina etc), flavonóides, ácido oleanóico, saponinas, mucilagens, resinas, princípios amargos, polissacarídeos, ácido salicílico, vitaminas e minerais, sendo um produto de altíssima concentração de princípios ativos.

A calêndula é um dos cicatrizantes mais eficientes na aromaterapia, com a grande vantagem de ser extremamente suave para a pele. Além disso, ela é anti-inflamatória, reduzindo alergias e irritações diversas, como as ocasionadas por picadas de insetos. Muito útil em queimaduras, escaras e feridas de difícil cicatrização, inclusive aquelas que outros óleos e alternativas falharam. Em alguns casos é milagrosa.

Em um estudo o extrato de calêndula foi aplicado em rompimento de tendão de aquiles e aumentou as concentrações de proteínas do colágeno e proteínas não colagenosas, assim como a reorganização do colágeno na fase inicial de cura do tendão.

Esta sua capacidade de promover o aumento da síntese de colágeno é muito útil em cosméticos para a prevenção de rugas, sendo um dos ativos mais especiais para cuidados da pele. Além disso, a calêndula induz a um sensível aumento da re-epitelização em casos de queimaduras, escaras e ferimentos com um potente efeito de renovação e regeneração celular da pele.

Em bochechos ou cremes para uso na gengiva, ela foi eficiente no tratamento de gengivites e sua retração.

Um estudo brasileiro, demonstrou que a calêndula é muito eficaz para tratar de queilite (conhecida como boqueira, um tipo de inflamação dos lábios), reduzindo a inflamação e os lábios secos que acabam rachando ou ferindo-se.

 

A calêndula é uma planta de baixa toxidade, em estudos mostrou ser hepatoprotetora, protegendo o fígado de animais contra aflatoxina , além de ter um efeito neuroprotetor. Foi observado que a calêndula atenuou alterações, estresse oxidativo e danos no hipocampo no cérebro em animais tratados com glutamato monossódico , estando os efeitos de neuroproteção relacionados à ação anti-oxidante e anti-inflamatória da calêndula.

Obs.: Usada somente em aplicações tópicas, pois seus ativos não evaporam, não tendo efeito em difusores de aromaterapia.

 

Propriedades cosméticas: A calêndula é benéfica no tratamento de inúmeras desordens de pele, como eczemas, rachaduras, dermatites e psoríases, e numa pesquisa comparando sua eficácia com a de ácidos graxos na dermatite, a calêndula foi mais eficiente que os ácidos graxos na prevenção do desenvolvimento da radiodermatite em pacientes com câncer fazendo radioterapia.

Ela também é considerada como tendo ação protetora solar. A calêndula não só protege a pele contra os raios UV, como após 1 mês de aplicaçãos diárias de raios UV sobre a pele de animais, ela causou uma sensível diminuição de malonildialdeído, um tóxico radical livre, e aumentou os níveis das enzimas anti-oxidantes catalase, glutationa, superóxido dismutase, níveis de vitamina C e proteínas na pele.

Para que serve?

• Anti-inflamatório
• Cicatrizante
• Infecção no ouvido (otite)
• Inflamação da pele e feridas
• Previne radiodermatite
• Queimaduras
• Escaras
• Feridas que não se fecham
• Eczemas, dermatites e pruridos
• Protetor solar (carotenóides)
• Acne
• Dores musculares (analgésico)
• Queilite (boqueira, lábios rachados e descamando)
• Prevenção de rugas
• Aumetno da síntese de colágeno na pele

Como utilizar Óleos essenciais:

Inalação, Banhos, Compressas, Massagem, Cremes, Géis e Argilas.


 Precauções:

Não usar puro sobre a pele;
Diluir em óleo vegetal;
Em caso de sensibilização procure orientação médica;
Nunca utilize óleos essenciais, puros ou diluídos, em pacientes conhecidamente alérgicos a planta.

 

Atenção:

*Óleos mais fluidos, ou acumulados no gotejador, podem aparentar ter menor quantidade.

*Óleos mais viscosos não escorrem até o gotejador e podem gerar a sensação de que o volume é menor ou não existe óleo no frasco.

Características
Nome Científico: Calendula officinalis
Extração: CO2 hipercrítico
Cultivo: orgânico não certificado